terça-feira, 8 de março de 2011

A Arte Barroca 2º Ano 1º Bimestre

BARROCO

A arte barroca originou-se na Itália (séc. XVII) mas não tardou a irradiar-se por outros países da Europa e a chegar também ao continente americano, trazida pelos colonizadores portugueses e espanhóis.
As obras barrocas romperam o equilíbrio entre o sentimento e a razão ou entre a arte e a ciência, que os artistas renascentistas procuram realizar de forma muito consciente; na arte barroca predominam as emoções e não o racionalismo da arte renascentista.
É uma época de conflitos espirituais e religiosos. O estilo barroco traduz a tentativa angustiante de conciliar forças antagônicas: bem e mal; Deus e Diabo; céu e terra; pureza e pecado; alegria e tristeza; paganismo e cristianismo;  espírito e matéria.

Suas características gerais são:
 * emocional sobre o racional; seu propósito é impressionar os sentidos do observador, baseando-se no princípio segundo o qual a fé deveria ser atingida através dos sentidos e da emoção  e não apenas pelo raciocínio.
 * busca de efeitos decorativos e visuais, através de curvas, contracurvas, colunas retorcidas;
 * entrelaçamento entre a arquitetura e escultura;
 * violentos contrastes de luz e sombra;
 * pintura com efeitos ilusionistas, dando-nos às vezes a impressão de ver o céu, tal a aparência de profundidade conseguida.
 

PINTURA
Características da pintura barroca:
 * Composição assimétrica, em diagonal - que se revela num estilo grandioso, monumental, retorcido, substituindo a unidade geométrica e o equilíbrio da arte renascentista.
 * Acentuado contraste de claro-escuro (expressão dos sentimentos) - era um recurso que visava a intensificar a sensação de profundidade.
 * Realista, abrangendo todas as camadas sociais.

 * Escolha de cenas no seu momento de maior intensidade dramática.
Dentre os pintores barrocos italianos:
Caravaggio - o que melhor caracteriza a sua pintura é o modo revolucionário como ele usa a luz. Ela não aparece como reflexo da luz solar, mas é criada intencionalmente pelo artista, para dirigir a atenção do observador.
Obra destacada: Vocação de São Mateus.

Andrea Pozzo - realizou grandes composições de perspectiva nas pinturas dos tetos das igrejas barrocas, causando a ilusão de que as paredes e colunas da igreja continuam no teto, e de que este se abre para o céu, de onde santos e anjos convidam os homens para a santidade.
Obra destacada: A Glória de Santo Inácio.

A Itália foi o centro irradiador do estilo barroco. Dentre os pintores mais representativos, de outros países da Europa, temos:
Velázquez - além de retratar as pessoas da corte espanhola do século XVII procurou registrar em seus quadros também os tipos populares do seu país, documentando o dia-a-dia do povo espanhol num dado momento da história.
Obra destacada: O Conde Duque de Olivares.

Rubens (espanhol) - além de um colorista vibrante, se notabilizou por criar cenas que sugerem, a partir das linhas contorcidas dos corpos e das pregas das roupas, um intenso movimento. Em seus quadros, é geralmente, no vestuário que se localizam as cores quentes - o vermelho, o verde e o amarelo - que contrabalançam a luminosidade da pele clara das figuras humanas.
Obra destacada: O Jardim do Amor.

Rembrandt (holandês) - o que dirige nossa atenção nos quadros deste pintor não é propriamente o contraste entre luz e sombra, mas a gradação da claridade, os meios-tons, as penumbras que envolvem áreas de luminosidade mais intensa.
Obra destacada: Aula de Anatomia.
 

ESCULTURA
Suas características são: o predomío das linhas curvas, dos drapeados das vestes e do uso do dourado; e os gestos e os rostos das personagens revelam emoções violentas e atingem uma dramaticidade desconhecida no Renascimento.
Bernini - arquiteto, urbanista, decorador e escultor, algumas de suas obras serviram de elementos decorativos das igrejas, como, por exemplo, o baldaquino e a cadeira de São Pedro, ambos na Basílica de São Pedro, no Vaticano.
Obra destacada: A Praça de São Pedro, Vaticano e o Êxtase de Santa Teresa.
 

Para seu conhecimento
Barroco: termo de origem espanhola ‘Barrueco’, aplicado para designar pérolas de forma irregular.  

O Barroco no Brasil


O estilo barroco desenvolveu-se plenamente no Brasil durante o século XVIII, perdurando ainda no início do século XIX. O barroco brasileiro é claramente associado à religião católica. Duas linhas diferentes caracterizam o estilo barroco brasileiro. Nas regiões enriquecidas pelo comércio de açúcar e pela mineração, encontramos igrejas com trabalhos em relevos feitos em madeira - as talhas - recobertas por finas camadas de ouro, com janelas, cornijas e portas decoradas com detalhados trabalhos de escultura. Já nas regiões onde não existia nem açúcar nem ouro, as igrejas apresentam talhas modestas e os trabalhos foram realizados por artistas menos experientes e famosos do que os que viviam nas regiões mais ricas.
O ponto culminante da integração entre arquitetura, escultura, talha e pintura aparece em Minas Gerais, sem dúvida a partir dos trabalhos de:
Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho - seu projeto para a igreja de São Francisco, em Ouro Preto, por exemplo, bem como a sua realização, expressam uma obra de arte plena e perfeita. Desde a portada, com um belíssimo trabalho de medalhões, anjos e fitas esculpidos em pedra-sabão, o visitante já tem certeza de que está diante de um artista completo. Além de extraordinário arquiteto e decorador de igrejas foi também incomparável escultor. O Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas do Campo, é constituído por uma igreja em cujo adro estão as esculturas em pedra-sabão de doze profetas, cada um desses personagens numa posição diferente e executa gestos que se coordenam. Com isso, ele conseguiu um resultado muito interessante, pois torna muito forte para o observador a sugestão de que as figuras de pedra estão se movimentando.
Características da escultura de Aleijadinho:
 * Olhos espaçados
 * Nariz reto e alongado
 * Lábios entreabertos
 * Queixo pontiagudo
 * Pescoço alongado em forma de V

Manuel da Costa Ataíde - suas pinturas em tetos das igrejas seguiam as características do estilo barroco, e aliavam-se perfeitamente às esculturas e arquitetura de Aleijadinho.
Obra Destacada: Pintura do Teto da Igreja de São Francisco de Assis.

Para seu conhecimento:
O Mestre Ataíde pintou várias igrejas de Minas Gerais com um estilo próprio e bem brasileiro. Usava cores vivas e alegres e gostava muito do azul. Ataíde utilizava tanto a tinta a óleo (que era importada da Europa) como a têmpera. Os pintores da época nem sempre podiam importar suas tintas. Faziam então suas próprias cores com pigmentos e solventes naturais aqui da terra. Entre outros, usavam terra queimada, leite e óleo de baleia, clara de ovo, além de extratos de plantas e flores. E é claro criavam suas próprias receitas que eram mantidas em segredo. Talvez por isso é que se diz que não existe, no mundo inteiro, um colorido como o das cidades mineiras da época do barroco.

Velázquez - As meninas




Um comentário:

  1. CONTEXTO HISTÓRICO:
    O ROMANTISMO ESTA LIGADO A DOIS ACONTECIMENTOS: REVOLUÇÃO FRANCESA E REVOLUÇÃO INDUSTRIAL. A REVOLUÇÃO FRANCESA SEGUIU UMA ÉPOCA DE VARIAS E PROFUNDAS MUDANÇAS NO MUNDO EUROPEU , A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL GEROU NOVOS INVESTIMENTOS QUE BUSCAVAM SOLUCIONAR PROBLEMAS DECORRENTES NO AUMENTO DA PRODUÇÃO .
    TUDO ISSSO SIGNIFICA NA ARTE UMA RUPTURA COM OS PADRÕES CLÁSSICOS E NEOCLÁSSICOS ATÉ ENTÃO EM MODA.
    CARACTERÍSTICAS
    LIBERDADE DE CRIAÇÃO,SENTIMENTALISMO,MAL-DO-SÉCULO (IDEALIZAÇÃO DO MUNDO),EVASÃO E SONHO,ELEIÇÃO DE HERÓIS GRANDIOSOS,SENSO DE MISTÉRIO, SUPERVALORIZAÇÃO DO AMOR.
    AUTORES E OBRAS
    ÁLVARES DE AZEVEDO
    (CALIBAN) NOITE NA TAVERNA , E EU MORRESSE AMANHÃ, LIRA DOS VINTE ANOS.
    JUNQUEIRA FREIRE
    À AMIZADE, A FREIRA ,À MORTE DE GARRETT ,A ÓRFÃ NA COSTURA A SULTANA
    CASIMIRO DE ABREU
    À MORTE DE AFFONSO DE A. COUTINHO NESSEDER ESTUDANTE DA ESCOLA CENTRAL , A UMA PLATÉIA,A VALSA ,A VOZ DO RIO

    JOAQUIM DE SOUSÂNDRADE

    FAGUNDES VARELA
    NAPOLEÃO VOZES DA AMÉRICA ,SONETO VOZES DA AMÉRICA ,SONETO II VOZES DA AMÉRICA

    CASTRO ALVES
    A BOA VISTA ,A CACHOEIRA , A CANOA FANTÁSTICA ,A LUÍS ,A MACIEL PINHEIRO , A SENZALA
    LITERATURA EM PORTUGAL
    A LITERATURA PORTUGUESA NASCEU FORMALMENTE NO MOMENTO EM QUE SURGIU O PORTUGUÊS LÍNGUA ESCRITA, NOS SÉCULOS XII E XIII. AINDA QUE SEJA PROVÁVEL A EXISTÊNCIA DE FORMAS POÉTICAS ANTERIORES, OS PRIMEIROS DOCUMENTOS LITERÁRIOS CONSERVADOS PERTENCEM PRECISAMENTE À LÍRICA GALEGO-PORTUGUESA, DESENVOLVIDA ENTRE OS SÉCULOS XII E XIV COM UMA IMPORTANTE INFLUÊNCIA NA POESIA TROVADORESCA PROVENÇAL

    ANITA JULIANA E JANAINA CAETANO
    2ºano NOTURNO

    ResponderExcluir

Deixe sua Mensagem!